Tecnologia de Doseamento

Porque razão devem os doseadores ser concebidos para trabalharem no seu processo

Coperion K-Tron twin screw feeder, bulk solids pump feeder and weigh belt feeder As indústrias de processo químico (Chemical Process Industries CPI) são um grupo diversificado de indústrias globais. Variam de produtores de produtos químicos finos e a granel, à petroquímica, alimentos e bebidas, produtos farmacêuticos, polímeros e plásticos, papel e celulose, tintas e pigmentos, sabões e detergentes, fertilizantes e produtos químicos agrícolas. Embora estes segmentos industriais difiram substancialmente, todos eles usam doseadores para controlar o fluxo de material a granel que está a ser convertido em produtos finais.

O comportamento dos sólidos a granel (por exemplo, pós, pellets, flocos, granulados e fibras) varia de acordo com cada característica química e física dos materiais e as suas propriedades de escoamento. As principais características incluem o tamanho e a forma da partícula, a densidade a granel do material, compressibilidade, força de coesão, humidade, conteúdo oleoso ou gorduroso e a influência das condições atmosféricas e de transporte (por exemplo, tendência para compactar ou absorver água)

Exigências dos Produtos e Soluções de Doseamento

Os fabricantes de equipamentos de processo têm desenvolvido um vasto conhecimento e uma ampla gama de opções tecnológicas de doseamento para enfrentar a multiplicidade de desafios que podem surgir para operações de processo que envolvam produtos sólidos a granel. A sua escolha de doseadores e o sucesso da sua aplicação serão muito influenciadas pelas características específicas dos produtos que terá de dosear, a precisão da formulação necessária para o seu processo e a capacidade de produção pretendida.

O comportamento de escoamento de diferentes sólidos a granel podem variar muito, dependendo das propriedades do produto ou da geometria da partícula. Apenas um design ou dimensão de doseador não consegue lidar com todas as diferentes características dos produtos ou requisitos de produção. A breve lista seguinte descreve os comportamentos mais vulgarmente encontrados e as soluções de doseamento que os fabricantes de equipamentos de doseamento, tais como a Coperion K-Tron, desenvolveram para lidar com estes desafios dos sólidos a granel.

Produtos de fácil escoamento, tais como pellets de plástico, granulados e flocos, são frequentemente doseados com um doseador de fuso simples. Uma variedade de tamanhos e geometrias de fusos estão disponíveis para satisfazer as características dos diferentes produtos e gamas de doseamento pretendidas. Os doseadores BSP também permitem um doseamento suave e preciso de produtos de fácil escoamento. Os doseadores BSP utilizam uma tecnologia patenteada de doseamento por deslocamento positivo para dosear os produtos de fácil escoamento com notável precisão.

Produtos fluidos, incluindo produtos finos, como o gesso e o diatomito podem comportar-se como os líquidos se não forem devidamente controlados durante a descarga e alimentação da tremonha. Nestes casos um doseador comfusos duplos gémeos é muitas vezes a melhor escolha. As hélices dos fusos encaixam uma na outra e atuam como uma válvula para controlar o escoamento do produto.

Os produtos de difícil escoamento, como a fibra de vidro e as partículas de borracha, muitas vezes requerem doseadores com um design especial e dispositivos auxiliares de escoamento para permitir um melhor controlo da descarga durante o doseamento. Existem muitas opções de doseadores diferentes, sendo que os doseadores de fuso e os doseadores vibratórios são as opções mais frequentes.

Os produtos coesivos, tais como o dióxido de titânio, pigmentos e concentrados de cobre, criam desafios adicionais durante as operações de processo e são particularmente suscetíveis a formar ligações e agregar-se dentro das tremonhas e incrustar-se ás superfícies do equipamento. Estes produtos são frequentemente melhor processados por um doseador de fuso duplo com agitação na tremonha, por exemplo com o Acti-Flow da Coperion K-Tron.

Os produtos frágeis e quebradiços, como muitos produtos alimentares e fibras devem ser manipulados com cuidado. Os doseadores de tela, os doseadores de calha vibrante e os doseadores de tela por perda de peso são concebidos para um doseamento suave destes produtos.

Sem uma precisão e reprodutibilidade do processo consistente e fiável dos doseadores, será comprometida a integridade da formulação e consequentemente a do produto final. Isso terá um impacto direto na fiabilidade do sistema, na produtividade e no desempenho económico de toda a operação.